Páginas

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Saiba mais sobre o uso de laser em peles morenas e negras

O uso do equipamento correto e a escolha de um bom profissional trazem eficácia e segurança aos tratamentos em pele escura


Conquistar uma pele de diva, parecida com a exibida pelos ícones da beleza negra como Naomi Campell, Tyra Banks, Beyonce Knowles e Taís Araújo, entre outras, pode estar mais perto do que imaginamos. Hoje, a tecnologia laser avançou e já possui equipamentos que atendem com eficácia e segurança às necessidades das peles morenas e negras. De acordo com o Dr. Fernando Macedo (CRM 80140), dermatologista colaborador da Universidade de Cosmiatria Cirurgia e Oncologia (UNICCO) da Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, o maior cuidado ao se tratar destes fotótipos com laser é o de evitar as queimaduras, que podem deixar manchas ou até cicatrizes. Por isso, são tipos de pele que necessitam de aparelhos específicos, que controlam muito bem a emissão de luz, aliados a escolha de um bom profissional. "Os novos equipamentos trazem mais tranquilidade e eficácia para os pacientes de pele negra ou morena que desejam tratar rugas, flacidez, estrias e também realizar depilação", comenta o especialista.

Na entrevista que segue, Dr. Fernando apresenta mais detalhes sobre os tratamentos que podem ser realizado, contra-indicações, equipamentos recomendados e outros cuidados que devem ser tomados para realização de peles morenas e negras. Confira!

1) Por que o tratamento da pele negra com tecnologia laser é mais difícil?
Porque a luz do laser tem como um dos alvos o pigmento melanina, que dá cor à pele e ao pelo. Como estes pacientes tem grande quantidade de melanina, há risco de absorver muito a luz do laser e queimar a pele.

2) Quais os problemas mais comuns causados pelo uso do laser incorreto ou de forma inadequada na pele negra?
O maior problema são as queimaduras, que podem deixar manchas na pele ou até cicatrizes. Evitamos esse problema com o uso de aparelhos específicos, que selecionam comprimentos da onda da luz mais apropriados para estes fototipos e através do treinamento do profissional qualificado para executar o procedimento.

3) As peles negras já podem contar com tratamentos a laser eficazes e seguros para quais tipos de uso (depilação, eliminação de rugas, flacidez, etc.)? Quais? O que mudou na tecnologia?
Sim, no caso da depilação existem aparelhos com tecnologias que privilegiam a maior penetração da luz, sem que haja grande absorção na superfície da pele, onde está a barreira de pigmento melanina. Desta forma, queima-se a raiz do pelo sem queimar a superfície cutânea. Para os tratamentos de flacidez, a pele negra geralmente não é um problema, já que a ação do laser não ocorre na melanina, e sim em camadas mais profundas da derme. Entretanto, para o tratamento das rugas, ainda existem muitas restrições para a pele negra. Algumas tecnologias devem ser evitadas, como, por exemplo, a luz intensa pulsada e os lasers ablativos de gás carbônico (CO2). Outras tecnologias podem ser usadas com cautela, como os lasers fracionados não ablativos.

4) Para esse fototipo qual o tipo de laser que o senhor indica e quais são os cuidados?
Indico o laser mais seguro e ao mesmo tempo eficiente. É o laser Nd Yag 1064nm de pulso longo, presente em alguns equipamentos no Brasil, como é o caso das ponteiras Coolglide e Genesis da Cutera, importado pela empresa Medsystems. Este equipamento é muito seguro, mas mesmo assim depende de um treinamento adequado do profissional, pois também pode queimar a pele. Os cuidados principais para a sessão de laser são: evitar o sol antes da aplicação (não vir bronzeado para o tratamento) e não se expor ao sol pelo menos por 15 dias após a sessão.

5) Quais são os tratamentos ainda contraindicados para as peles negras?
São, principalmente, os tratamentos para rejuvenescimento facial, rugas e cicatrizes com os lasers mais agressivos, chamados de ablativos. Além disso, alguns "peelings" químicos mais intensos devem ser evitados.

6) O tradicional quelóide, que afeta a pele negra, pode ser tratado com laser? De que forma?
O laser pode ser utilizado como uma ferramenta adicional no tratamento do quelóide, mas não é a primeira escolha. O tratamento é difícil e exige, geralmente, uma condição de técnicas que pode incluir o laser.

7) Quais procedimentos na hora de se iniciar o tratamento a laser e existe procedimentos especiais recomendados para a pele negra no pós-tratamento?
Para a grande maioria dos métodos a laser, os principais cuidados são de não tomar sol ou bronzear-se antes do procedimento. Pode ser realizado um preparo prévio com cremes e durante o tratamento podem ser usadas técnicas para resfriamento da pele a fim de diminuir o risco de queimaduras. No pós-laser, existem cuidados com cremes ou loções calmantes, que são indicadas para todos os fototipos, inclusive o negro. Os pacientes com pele morena ou negra são sempre orientados a retornar ou telefonar caso haja algum efeito inesperado.

Sobre a tecnologia:

Genesis Plus (Cutera)

O Genesis Plus é um dos sistemas de laser mais avançados da Cutera com termômetro de LED integrado na ponteira para monitorar ativamente a temperatura da área de tratamento.  O Lase Genesis Plus é o único 1064 nm com duração de pulsos em microsegundos, sendo capaz de induzir a proliferação de novas fibras colágenas e tratar de forma mais rápida e homogênea a maioria das alterações de pele como: rugas finas, vermelhidão difusa, rosácea, textura e tamanho dos poros. "Outro diferencial importante  desta tecnologia é a possibilidade de tratar todos os tipos de pele, incluindo as bronzeadas ou negras com tempo de inatividade zero. Há sucesso também no tratamento de melasma epidérmico, que não tem cura, mas pode ser bem controlado com aplicações mensais deste laser", afirma José Luiz. A tecnologia Genesis Plus também é considerada premium para o tratamento de onicomicoses (micoses de unha), pois promove uma rápida e efetiva solução sem terapias adicionais.

Sobre a empresa:

A Medsystems, importadora exclusiva de equipamentos e tecnologias para atender dermatologistas, cirurgiões plásticos e vasculares, é representante no país da Empresa Americana Cutera, com sede na Califórnia e fabricante da Plataforma XEO, que representa o mais completo sistema de laser e luz intensa pulsada, permitindo aplicação de diversas combinações de tratamentos como: fotorejuvenescimento (ablativo ou não-ablativo), epilação, flacidez da pele e terapia vascular. Em 2011 a empresa ampliou o seu negócio com a distribuição dos equipamento da marca alemã Quantel Derma detentora da tecnologia dos aparelhos LEDA 808 nm (escâner diodo), que oferece o mais rápido sistema de epilação a laser diodo com segurança e eficácia para todos os tons de pele e, EXEL 02, versátil sistema de laser CO2, para tratamentos ablativos e fracionados de rejuvenescimento facial. Fundada em 2002, a empresa também oferece assistência técnica de seus produtos e ministra treinamentos para assegurar o perfeito funcionamento dos sistemas e zelar pela segurança de médicos e pacientes.

Um comentário:

  1. olá,
    Convido você a participar do novo agregador de links www.surpriselink.com, o agregador mais diferente dos que você já viu, em 2 idiomas, liberação de links na hora e muito mais.

    ResponderExcluir

Olá Meninas:

Não deixe de comentar, se quiser deixe o link do seu blog para que eu possa conhecer.
Sua opinião é muito importante para mim.

Bjkas
VAN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...