Páginas

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Alimentação equilibrada garante bem-estar e peso adequado

Para algumas pessoas manter o peso significa partir para o "tudo ou nada" e radicalizar na dieta e, muitas vezes, deixando de oferecer ingredientes importantes ao organismo. Mas, vale a pena arriscar a vida para ficar magro? Será que não é a hora de adotar uma alimentação saudável para obter os benefícios que isso acarreta à vida?


Ter uma vida saudável exige uma alimentação equilibrada, capaz de oferecer todas as substâncias necessárias para o corpo humano manter o funcionamento, para evitar doenças, ter bem-estar e vitalidade. "Uma boa alimentação é importante para todas as pessoas, pois é a partir dos alimentos que o organismo retira os nutrientes indispensáveis para o seu crescimento e desenvolvimento, manutenção de tecidos, resistência às doenças, entre outros aspectos", relata a Dra. Lourença Dalcanale (CRN 14383), nutricionista do Centro de Obesidade e Metabólica e Mestre em Ciências da Saúde em Gastroenterologia Clínica, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Para explicar como uma dieta balanceada pode influenciar na rotina e ajudar a manter o peso, entrevistamos a nutricionista que dá mais detalhes sobre o assunto. Acompanhe!

1 - Qual o conceito de uma alimentação equilibrada?
Uma alimentação saudável é aquela que respeita três regras fundamentais:
Variedade: não existe um alimento que contenha todos os nutrientes necessários para uma boa saúde. Portanto, devemos variar ao máximo os alimentos, para que o organismo possa absorver os mais diversos nutrientes;
Moderação: todos os alimentos podem ser consumidos, desde que com muita moderação. É primordial uma boa distribuição entre os grupos de alimentos: carboidratos, proteínas e gorduras.
Qualidade: significa comer mais alimentos que contêm vitaminas, minerais e fibras, como frutas e verduras, e diminuir o consumo dos que possuem calorias "vazias", como biscoitos, alimentos refinados e refrigerantes.

2 - Quais os principais erros que uma pessoa comete ao manter uma dieta sem o acompanhamento de um nutricionista?
Em geral, as pessoas tentam praticar dietas milagrosas, que alguém fez ou que viram moda na mídia. Elas, normalmente, funcionam por um período e só devem ser usadas por, no máximo, 15 dias, porque são difíceis de serem adaptadas a um estilo de vida saudável, além de trazerem muitas restrições, desde calorias como de certos grupos de alimentos. Portanto, as dietas devem ser usadas com muita cautela e somente sob supervisão médica ou nutricional.

3 - Por que é melhor consumir uma porção de fruta in natura do que tomar seu suco?
Para fazer um copo de suco natural é necessário mais de uma fruta. Se considerar que cada fruta representa uma porção dela e que devemos de consumir em torno de 3-4 porções diárias, em um copo de suco esgota-se a quantidade de porções diárias. Outro aspecto que precisa ser ponderado é o fato de que fazer o suco destrói as fibras da fruta. Por isso, é preferível comê-la. Um bom exemplo é que em uma refeição se consegue tomar um copo de suco de laranja, mas não se come de 3 a 4 laranjas.

4 - Qual a quantidade correta de consumo de proteína, gordura e carboidrato em cada uma das refeições para manter uma dieta saudável?
Não existe uma quantidade ideal de proteínas, gorduras e carboidratos por refeição. O ideal é que a alimentação do dia respeite uma distribuição de 60% de carboidratos, 10 a 15% de proteínas e, no máximo, 20% de gorduras, distribuídas de forma equilibrada em 5 a 6 refeições por dia.

5 - Para quem deseja emagrecer ficar sem jantar é uma opção saudável? Por que?
Não é aconselhável, por que longos períodos de jejum desaceleram o metabolismo e priorizam perda de músculo, além de ser um gatilho para compulsões e aumento da voracidade e descontrole.

6 - O consumo de alimentos diet e/ou light ajudam na dieta equilibrada de saudável? Qual é o limite?
Sem dúvida os alimentos diet e light ajudam a equilibrar a dieta, especialmente os light que, em geral, apresentam uma redução de açúcares e gorduras e não só da sacarose como nos produtos diet. O ideal é que se tenha bom senso no consumo de adoçantes, pois tudo que é em exagero pode trazer malefícios ao organismo.

7 - Dizem que um prato saudável deve ser colorido? É verdade? Como uma pessoa pode montar uma refeição saudável?
Quanto mais colorido e variado for o prato maior será a gama de vitaminas e minerais que estará se ingerindo. Uma boa maneira de equilibrar a montagem da refeição é dividi-la em três partes iguais: uma deve conter saladas verdes e legumes, outra parte deve conter carboidratos, e a terceira porção de proteína, tudo isso regado em pouco azeite (1 clher de sobremesa) e pouco sal.

8 - Por que as conversas durante as refeições podem atrapalhar?
Este hábito distrai a pessoa que não presta atenção ao que come. Isso implica em maior consumo de alimentos, sem ter a noção exata da quantidade ingerida. As conversas também atrapalham a mastigação, o que pode dificultar tanto a digestão como gerar a formação de gases, porque a pessoa come, fala e engole mais ar. Tudo isso influencia negativamente para o processo de fome e saciedade.

Sobre o Centro de Cirurgia Obesidade e Metabólica

Com equipe multidisciplinar formada por profissionais com conhecimento científico e experiência clínica comprovada, o Centro de Cirurgia Obesidade e Metabólica reúne em um único local os mais avançados recursos materiais e humanos, para oferecer um atendimento completo ao paciente - cirúrgico, psicológico, nutricional e esportivo. www.obesidadeemetabolica.com.br

O Centro de Cirurgia Obesidade e Metabólica é dirigido por Dr. Luiz Vicente Berti (CRM-SP 62294). Com 20 anos de experiência em cirurgia da obesidade, Dr. Luiz Vicente Berti é um dos mais respeitados cirurgiões do aparelho digestivo. Como um dos precursores da cirurgia bariátrica no país e um dos pioneiros deste procedimento por videolaparoscopia, ele já realizou mais de 3.500 operações. Sua carreira é pontuada pela participação em mais de 150 congressos nacionais e internacionais como palestrante, conferencista ou congressista, além da publicação de diversos artigos em livros, anais de congressos e conceituadas revistas científicas. É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), International Federation for Study of Obesity (IFSO), American Society of Bariatric and Metabolic Surgery (ASBMS), Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica (SOBRACIL), além de integrar o corpo clínico do Instituto Garrido e do Centro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Imagem: Guiame

3 comentários:

  1. Eu sigo uma nutricionista. Bjos Celinha

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo post!
    Uma alimentação equilibrada garante saúde a todas as pessoas, mesmo que não precisem fazer regime :)
    beijos

    http://noostillo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Excelente gerador de visitas para blogs.

    Cadastre seu blog aqui: www.zeemp.com

    ResponderExcluir

Olá Meninas:

Não deixe de comentar, se quiser deixe o link do seu blog para que eu possa conhecer.
Sua opinião é muito importante para mim.

Bjkas
VAN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...